Rumo a um alvorecer mais profundo

Herman Moldez, Philippines, Junho, 2020



Uma compreensão mais bíblica do discipulado é fundamental para discipular uma nação. Plantar uma igreja como um sinal do Reino de Deus para evangelizar uma comunidade é um bom começo. No entanto, em um ministério aonde o foco é o sucesso, muitos pastores e líderes estão simplesmente sonhando em tornar suas igrejas cada vez maiores. Quando os critérios mundiais de sucesso impulsionam o ministério, o discipulado é superficial, ou apresentado como um programa eletivo, sem a profundidade espiritual necessária para impactar a sociedade.


A Década de Discipulado da WEA precisa de um nivelamento radical para cultivar discípulos profundos, enraizados em Cristo (Col 2: 6-7). A estratégia e a filosofia do discipulado devem ser desassociadas do sistema de produção em massa dos modelos atuais de discipulado, a fim de desenvolver a fecundidade na vida e na liderança cristãs. Isso requer muita paciência, dar tempo ao tempo, concentrando-se nos jovens crentes, bem como nos líderes e pela mentoria, ganhando o coração em uma relação vida-na-vida para processar as histórias da vida à luz da voz e direção de Deus (Escrituras e Espírito Santo).


Pastores e líderes devem desenvolver uma nova mentalidade de discipulado. A perspectiva de que o discipulado é apenas para novos crentes ou líderes mais jovens deve ser repensada no ensino bíblico geral. O discipulado é uma jornada ao longo da vida de seguir Jesus Cristo como o Senhor de toda a vida. Deve ser "a obediência de uma vida inteira" para se tornar como Cristo. Ninguém se forma na escola de Cristo.


Se quisermos avançar e aprofundar a Década de Discipulado, precisamos que todos os pastores e líderes, independentemente de idade e posição, passem por um processo, fora da zona de segurança, de profundo discipulado, de coração para coração. Pastores e líderes têm acumulado muitas informações em sua mente. As verdades entopem o cérebro, ignorando o humilde e honesto processamento do coração, das verdades que transformam (2Tm 3: 16-17; Hb 4:12; Tg 3: 1-2). Os processos de transformação acontecem efetivamente se os líderes abrem seus corações, falam a verdade uns aos outros com amor e compartilham além das realizações de seu ministério em um clima de graça.


O problema crucial da rejeição ao discipulado entre pastores e líderes cristãos estão relacionadas ao orgulho, falta de integridade, insegurança, falta de perdão, competição / indiferença, comparação e prioridade do casamento e da família sobre o ministério, sem mencionar luxúria / pornografia e trabalho excessivo (workaholic). A maioria dos pastores e líderes tem teologia e conhecimento bíblico suficientes. O que eles precisam é de um lugar seguro para serem eles mesmos, a fim de confessar imperfeições e falhas, sem medo de rejeição. Eles devem encontrar amigos de verdade que os acompanhem. Muitos professores do seminário evitam o cerne da questão das aplicações práticas e contextuais, falando de suas próprias experiências e necessidades. Eles ignoram fundamento do discipulado - crescimento intencional em Cristo - dizendo que os alunos devem trabalhar nisso e nunca mais voltam ao assunto. Sem a prática intencional das verdades, a aplicação se torna uma aspiração idealizada, e não uma integração real da semelhança de Cristo com a vida e o ministério.


Fazer discípulos - integrar a vida - é confuso. Isso cria insegurança. Um ambiente de graça em que, a coragem de mostrar suas fraquezas, é um requisito para os pastores e líderes que se submetem a uma humilde responsabilidade e permissão honesta para que outros possam falar sobre suas vidas. Pastores e líderes não precisam de bons conselhos, mas de perguntas desagradáveis que iniciam um doloroso processo de transformação. Aprender a se submeter a uma orientação profunda e realista de ser discípulo é difícil para líderes de alto nível que estão acostumados a exigir submissão às suas demandas e decisões. Abandonar o controle e o comando da liderança para aprender com humildade o caminho de Cristo é a essência de ser um discípulo. A menos que os pastores e líderes se envolvam na orientação do coração para o coração, seu “discipulado” permanece no domínio cognitivo do ensino e do conhecimento (Jo 5: 39-40; 1Co 8.1).


Muitos pastores e líderes mais velhos reconhecem sua insegurança e falta de habilidade para praticar o discipulado de mentoria vida na vida. Isso ocorre principalmente porque eles nunca experimentaram ser discipulados por alguém que envolve seus corações e a bagunça da vida e do ministério em um ambiente seguro de graça.


Um movimento de discipulado mais profundo deve começar entre os líderes. Isso é muito desafiador, porque exige mobilidade descendente. A aspiração de muitos líderes é avançar na carreira, não importa como ou o quê. Um discipulado verdadeiramente sério, sendo e se tornando seguidores radicais de Cristo, só pode acontecer se nos esvaziarmos da ambição à grandeza e aceitarmos o caminho da graça. Para seguir o caminho desinteressado de Cristo, todo pastor e líder deve se tornar parte de um pequeno grupo de amigos espirituais comprometidos a dar feedback franca e livremente, fazer perguntas, chorar e rir da vida cotidiana e simplesmente caminhar juntos em seguir a Jesus Cristo.

Herman A. Moldez

_______________________


Sobre o título "Rumo a um alvorecer mais profundo"


DAWN (no inglês) significa Discipular uma nação inteira. Começou como um movimento nas Filipinas no início dos anos 80 com Jim Montgomery, da OC International. As Filipinas foram um país modelo para o que se tornou um movimento mundial, chamado AMANHECER na América Latina. Quando Jim morreu, o movimento também morreu ou fez a transição para outras expressões por volta de 2000. Desde a Década de fazer discípulos da WEA: 2020-2030 espera ver movimentos nacionais de formação de discípulos, queremos aprender com a experiência DAWN. Este artigo de Herman Moldez extrai uma parte significativa do DNA dos movimentos que esperamos catalisar.


53 visualizações

Capacitações

- Discipulado & Mentoria
- Liberdade em Cristo
- Mentoria Avançada
- Sabedoria do Lar

Redes Sociais

Acompanhe

Mulheres Mentoras

nas redes sociais:

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Contato

Rua Moisés Salomão, 76
Apartamento 103

Catalão-GO

CEP 75703-030

Tel: (61) 99939-4185

© 2019 - Mulheres Mentoras